sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Do alto da Ilha Porchat, uma bela visão da Baixada Santista

Por..:: Sheila Almeida
No mirante, é possível ver partes das cidades de Santos, São Vicente, Guarujá e Praia Grande
Mirante tem o nome de 500 Anos e foi projetado por Oscar Niemeyer (Foto: Irandy Ribas/AT)
Sempre existe uma vista preferida para cada pessoa. Tem gente que gosta de contemplar o mar, há quem prefira a paisagem dos prédios da cidade, ou das pessoas. Mas todas esses cenários podem ser vistos de um mesmo ponto, de graça: o Monumento 500 Anos, projetado por Oscar Niemeyer, no alto da Ilha Porchat, em São Vicente.
O mirante tem o nome de 500 Anos porque foi inaugurado em 2000, durante as comemorações do quinto centenário do descobrimento do Brasil.
Niemeyer, ícone da arquitetura, também foi responsável, por exemplo, pelo planejamento de Brasília, a capital do País. E deixou em São Vicente seus traços arrojados, com a cobertura do monumento em forma de asa côncava, de vértice que aponta para Brasília, cidade planejada por ele e Lúcio Costa, na década de 1960.
Do mirante, é possível ver a qualquer hora, faça chuva ou faça sol, toda a orla de São Vicente e de Santos, além de um pedacinho de Guarujá e um trecho de Praia Grande.
No sábado, a vista encantou Ewerton Henrique Lima dos Santos. O menino de 11 anos fez uma chamada de vídeo para a mãe, Edivânia Cristina de Lima, que estava a mais de dois mil quilômetros de distância. Ela mora em Recife com ele, que veio à região a passeio, com o pai que mora em São Paulo.
Após muitas fotos, a criança contou: “Meu pai me mostrou pelo celular esse lugar há dois meses e eu falei que, quando viesse para São Paulo, na casa dele, eu queria vir aqui”.

Já um casal estava encantado com o mirante por outro motivo. Há cerca de 30 anos, eles levavam os filhos, ainda pequenos, no alto da Ilha Porchat, quando ainda não existia o mirante. No sábado, tentando identificar qual era cada cidade, eles passaram pelo menos 30 minutos só aproveitando a vista.
“Ficou muito melhor. Antes isso aqui não tinha nada. A gente só voltou por curiosidade de ver como estava e foi uma surpresa boa”, diz Maria Aparecida da Silva Martins, microempresária que mora na Capital.
“Dá uma visão muito boa e ampla da Cidade. É muito gostoso de ficar aqui, além de ser muito seguro. Era só uma mureta baixa antes”, complementou Sebastião Pedro Martins, marido de Maria Aparecida.
O monumento a 76 metros do nível do mar fica na Alameda Ari Barroso, s/nº, na Ilha Porchat, em São Vicente. 

Fonte..::
Jornal A Tribuna


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O COMTUR SãoVicente agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz.....