sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Cidades da Baixada Santista recebem R$ 6,7 milhões para investir em turismo


 A verba será enviada pelo Dadetur para obras em Santos, São Vicente, Itanhaém e Peruíbe.

Os novos convênios foram assinados nesta quinta-feira (21) e também beneficiarão Itanhaém e Peruíbe. Juntas, as quatro cidades terão R$ 6.701.515,97 para investir em projetos voltados para o desenvolvimento do turismo ou para a recuperação de pontos turísticos (veja quadro).

São Vicente fecha 2017 com 11 convênios assinados. Antes das atuais assinaturas de contratos, o Município havia aprovado projetos junto ao Dadetur em 2014. De lá para cá, não pôde aprovar novas propostas junto ao órgão ligado ao Estado por estar no Cadastro de Inadimplentes (Cadin).

“Começamos nossa administração, em janeiro, com a Cidade mergulhada em problemas e dívidas. Nos primeiros meses, conseguimos colocar a casa em ordem. Vencida essa etapa, iniciamos o resgate de projetos”, cita o prefeito de São Vicente, Pedro Gouvêa (PMDB).

Na etapa do dia 30, os destaques foram as verbas liberadas para a recuperação da Praça da Biquinha de Anchieta e para a reurbanização da Rua do Japão. Agora, as principais propostas são a de reabilitação da Casa Martim Afonso de Sousa, com R$ 183.992,71, e a reabilitação do Portinho do Parque das Bandeiras, com verba de R$ 150 mil.

Santos
Os repasses do Dadetur para Santos preveem quase R$ 2 milhões, destinados à reforma da Praça da República, no Centro (R$ 652.480,88) e à restauração do bonde japonês para a linha turística (R$ 130 mil).

Convênios também possibilitarão a elaboração dos projetos de geotecnia para revitalização da escadaria do Monte Serrat (R$ 445.420,06) e de recuperação e modernização das instalações do Centro de Cultura Patrícia Galvão (R$ 730.381,00).

Segundo o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), os recursos vão ajudar a melhorar a infraestrutura para os visitantes. “A cada temporada é importante manter nossos equipamentos turísticos e ampliar as opções de atrativos”, ressalta.

Em 2017, a Prefeitura assinou 11 convênios Dadetur, correspondentes a R$ 25,088 milhões, e duas trocas de objeto (R$ 2,621 milhões), totalizando R$ 27,7 milhões.


Os recursos repassados neste ano e nos anteriores colaboraram para intervenções como a revitalização e a modernização da Fonte Nove de Julho na Praça das Bandeiras (Gonzaga), as reformas do Deck do Pescador (Ponta da Praia) e da Praça Caio Ribeiro de Moraes e Silva (em frente ao Sesc, Aparecida).




Fonte..:: Jornal A Tribuna 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O COMTUR SãoVicente agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz.....