domingo, 25 de outubro de 2015

Espadas consideradas relíquias na Casa Martim Afonso são furtadas

As peças, que na verdade são réplicas, eram os objetos mais admirados pelos visitantes do local



As três espadas foram roubadas da Casa de madrugada

Com espíritos de descobridores de terras ou interessados em relíquias, marginais invadiram a Casa de Martim Afonso de Sousa, em São Vicente, na madrugada de quinta-feira (22), e furtaram as espadas de Pedro Álvares Cabral, Cristovão Colombo e Martim Afonso de Souza. As peças, que na verdade são réplicas, eram os objetos mais admirados pelos visitantes do local.

De acordo com o historiador Marcos Atanasio Braga, a casa não tem câmeras de monitoramento e, por isso, não há suspeitas para a autoria do furto. 

“Eles entraram depois de arrombar as portas do salão. Também tentaram furtar um barco que mantemos exposto aqui. Uma pena acontecer isso. 

Todos visitantes paravam para admirar as réplicas das espadas”, contou Atanasio. Após o furto, o historiador relatou o ocorrido ao delegado Luiz Evandro de Medeiros, do 1º DP de São Vicente. A polícia já iniciou as apurações para localizar as peças. 

Por..:: Bruno Lima 
Fonte..:: A Tribuna


Quem tiver alguma notícia ligue para o disque denuncia número 181

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O COMTUR SãoVicente agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz.....